Mais de 60.000 alunos capacitados no curso nr10 online

MG (31) 3495-4427, MG (31) 3450-3644, MG (31) 99201-0939, SP (11) 2368-9882, SP (11) 3522-8441,RJ (21) 4063-9441, PR (41) 4063-5441, RS (51) 4063-7441 , DF (61) 4063 6405

Picada de Cobra – O que fazer?

por: MA Consultoria

Modulo Primeiros Socorros no curso nr10 online.

Ma consultoria e treinamento

picada de cobra - o que fazer?

Como reagir diante dessa situação?

No comentário popular, as cobras são uma das espécies mais temidas do ser humano. Os acidentes com elas podem não ser tão comuns, mas não são tão raros como se imagina. Especialmente em áreas de mata. Para evitar esse tipo de acidente é necessário seguir algumas instruções, como: usar calçados fechados, de preferência de cano alto, ao andar ou trabalhar no mato. Usar luvas grossas para manipular folhas secas, lixo, lenha, palhas, etc. Não colocar as mãos em buracos e tomar cuidado ao revirar cupinzeiros. Além disso, evitar acúmulo de lixo e entulho.

Diante de uma situação destas, a vítima deve ser tranquilizada e removida para o hospital ou centro de saúde regional. O loca do ferimento deve ser lavado com água e sabão. Na medida do possível deve-se evitar que a vítima ande ou corra. A vítima deve permanecer deitada com o membro do ferimento elevado. Não se deve usar torniquetes, incisões ou passar substâncias no local da picada. Essas medidas interferem negativamente no tratamento da ferida, aumentando a chance de haver complicações, como infecção, necrose e amputação do membro afetado.

No Brasil, existem 4 espécies mais comuns envolvidas em acidentes.

 

  • As jararacas: Se habitam em diversos locais, como a beira do rio. Áreas rurais e nas margens de grandes cidades. O local da picada apresenta dor, inchaço, sangramento, podendo também o local ficar com hematoma roxo. Sem o atendimento especializado, há risco de hemorragia grave que pode levar a vítima à morte em pouco tempo.

 

  • A pico-de-jaca: Costuma se habitar em regiões amazônicas e de mata atlântica e provoca um quadro semelhante ao da picada de jararaca, acompanhado de diarreia, vômito e pressão baixa.

 

  • Cascavel: habita preferencialmente áreas abertas. O local da picada apresenta formigamento e não dói. Os principais sintomas são sonolência, visão turva, dor muscular, náuseas e dor de cabeça.

 

  • E por final a Coral-verdadeira: Possui um quadro semelhante ao da picada de cascavel, porém, o risco de óbito é por paralisia dos músculos responsáveis pela respiração.

 

Conheça mais sobre picada de cobra

No curso nr10 online da MA Consultoria você aprende sobre atendimentos e muito mais em nosso Modulo de primeiros socorros.